Computador de 61 anos é restaurado e volta à ativa na Inglaterra

Written by Alessandro Moura on novembro 21st, 2012

Notícia motivacional para os leitores fãs de retrocomputação que começam na era dos micros domésticos de 8 bits ツ

Via g1.globo.com:

Um dos computadores mais antigos do mundo, o Harwell Dekatron, criado em 1951, voltou à ativa e está exposto no Museu Nacional da Computação, em Bletchley, na Inglaterra, informou o site Daily Mail.

A máquina, que pesa 2,5 toneladas – o equivalente a 15 mil iPads Mini ou 20 mil iPhones -, foi usada até 1958 em modelos matemáticos para o desenvolvimento dos primeiros reatores nucleares do Reino Unido, no Centro de Pesquisa de Energia Atômica, no vilarejo de Harwell, no sul da Inglaterra.

Criado com 10 mil componentes móveis, incluindo 828 válvulas Dekatron, o computador era capaz de realizar 80 horas por semana de cálculos ininterruptamente. Os resultados eram armazenados em fitas de papel.

O trabalho de restauração, realizado por voluntários britânicos que fazem parte da Sociedade de Conservação de Computadores (CCS, na sigla em inglês) teve início em 2009 quando o computador foi encontrado em um depósito, desmontado em 50 partes, e levado ao museu britânico, em Bletchey.

 

Leave a Comment





captcha service